domingo, 17 de outubro de 2010

Miami Dolphins 23 X 31 NY Jets - 26-Sep-2010


Aproveitamos a visita de Simon e Vanuzia para realizar um desejo antigo. Fomos ver um jogo da NFL. E não foi um jogo qualquer, era o jogo do Sunday Night Football com transmissão ao vivo para o Brasil!



Eu sei e já disse que não se deve levar os filhos para o primeiro jogo contra time grande. Mas o problema é que também no Futebol Americano o time local é o Íbis. Aí fica difícil...



Mas fomos lá. Já tinha ido 2 vezes para o Sun Life Stadium, uma vez para o show de Paul McCartney e outra para um jogo de Baseball. Desta vez a quantidade de carros era impressionante. Todos os estacionamentos estavam lotados, paramos o carro muito longe e ainda faltava mais de meia hora para o jogo.

Caminhada básica do carro até o estádio.


O negócio é que os americanos tem um hábito chamado tailgating, literalmente de tampa do porta-malas. Eles levam churrasqueira, cerveja, mesas portáteis, cadeiras e fazem uma festa no estacionamento antes dos jogos. Como o jogo era à noite e tínhamos um aniversário para ir, não conseguimos ver mais este típico hábito americano.

Eu, Simon e Fred. Esse meu passo de odalisca na verdade é a coreografia dos Dolphins representando a barbatana do golfinho.


Na entrada do estádio tinha muita gente e todas as entradas estavam lotadas. Cláudia ficou um pouco nervosa com o tumulto até porque estávamos com Gabriel e Mariana. Se bem que ele nem ligou e ela estava adorando tudo.

Impressionante como os meninos gostaram e prestaram atenção no jogo.

Logo que entramos descobrimos que estávamos do lado oposto das nossas cadeiras. Resolvemos comprar logo comida e umas cervejas. Aí a primeira ocorrência do péssimo serviço do estádio nos fez perder o primeiro touchdown da partida. Tudo bem que foi do outro time mas queria ter visto...

A pobre da Vanuzia assistiu o jogo com uma muralha na frente. O cara não sentava nem por um decreto...

Este touchdown ainda me rendeu uma dedada na cara de um torcedor do Jets. E isto é outra coisa interessante. Os torcedores da NFL são loucos. Nem pareciam os americanos comportadinhos que a gente vê na TV, teve briga do lado de fora do estádio e também do lado de dentro. Ainda bem que perto da gente não teve nenhuma confusão.

Esse cara era uma figura, mesmo perdendo conseguia manter um ar superior em qualquer jogadinha irritando os torcedores dos Jets.

Na fileira da frente da gente tinha um grupo de amigos que metade torcia pelos Jets e metade pelo Dolphins. Eles ficavam se perturbando o tempo todo. Mas como eram amigos o clima ficou tranquilo inclusive com outros torcedores que estavam na área. Tinha um inclusive com uma boneca inflável.

Os caras emprestaram o capacete para Gabriel bater uma foto.

No intervalo fui levar Gabriel no banheiro e depois comprar água e mais uma cervejinha que ninguem é de ferro. Aí mais uma vez o péssimo atendimento do estádio me fez perder um touchdown, dessa vez do Dolphins. O mané do bar ainda olhou para a minha cara comemorando, só faltei voar no pescoço dele...

Na volta a gente ainda se lascou, o trânsito estava muito pesado e só tinha uma saída para o Norte. Resultado: Chegamos em casa só às 3 da manhã...

7 comentários:

  1. Ai bola, adorei! Tô rindo muito imaginando as cenas.
    Seus filhos estão lindos cara! Beijo na familia.
    Arruma mais tempo, é muito bem ler as suas aventuras.
    Beijão saudoso!
    GG

    ResponderExcluir
  2. Rafa
    E aí meu primo, senti uma inveja saudável, hehehehe, mas só uma correção o dolphins é o Botafogo vai, já foi até para superball.
    Você ainda vai ver grandes jogos aí e o Dolphins mandando ver...
    Um beijão para vc Cláudia e as crianças

    ResponderExcluir
  3. Grande Bola, muito bom o post. Realmente foi uma aventura e tanto, desde a chegada no estádio até chegar em casa, mas valeu a pena, foi muito divertido. Aqueles caras eram muito figuras. Não esqueço de Mariana rindo e nem aí com o tumulto da entrada. Esse jogo foi um ponto alto da nossa ótima estada na sua casa em Weston. Abs, Simon.

    ResponderExcluir
  4. Legal Bolinha, só sugiro para efeito de didática trocar o nome Ibis por Náutico, o pessoal mais novo vai entender melhor. Abração.

    ResponderExcluir
  5. O Dolphins nao 'e o Ibis, loge disso.E vei, que inveja de voces kkkkkkkkkkkkk
    abraço, Caio.

    ResponderExcluir
  6. Rafa,
    Você tem que arranjar masi tempo mesmo, pois é muito legal ler suas observações sobre as coisas daí, além de matar as saudades, a ente "viaja" com vocês! Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Parece muito massa , um abraço , lembranças a Cláudia e as crianças.
    Leo

    ResponderExcluir