domingo, 31 de outubro de 2010

Chicago - 18 a 21 de Agosto de 2010

 Vista do centro de Chicago da rodovia que vai para o aeroporto de Midway

Mais uma viagem para Chicago para participar de uma exposição do nosso sistema. A diferença é que desta vez me lembrei de levar a câmera e também tive um final de tarde / início de noite livre para dar uma volta. Como fiquei bem em downtown dessa vez, o final de tarde foi proveitoso. Claro que ainda faltou muita coisa mas já deu para ter um gostinho desta cidade fantástica que é Chicago.

No primeiro dia ficamos trabalhando no hotel já que tínhamos que dar os últimos retoques na apresentação da terça-feira. Terça de manhã, no caminho para a exposição já deu para bater umas fotos. Na foto abaixo aparece o Soldier Field que é o campo do Chicago Bears na NFL.


Soldier Field

Junto do Soldier Field fica o Field Museum que é o museu de história natural de Chicago que contem, entre outras atrações, Sue, o maior e mais completo tiranossauro conhecido. Só consegui ver a lateral do museu mas pelo menos já sei onde fica para poder voltar depois... hehehehehe


Field Museum

Quando cheguei do primeiro dia da exposição troquei de roupa rapidinho e parti para a rua. Tinha dado uma olhada no mapa e saí andando. Fui para o lado oeste em direção à biblioteca Harold Washington, ao prédio da bolsa de valores de Chicago e da Torre Willis.


Biblioteca Harold Washington

A mesma, numa foto mais artística... hehehe

A torre Willis era conhecida como Sears Tower, quando era a sede da rede de lojas de mesmo nome, e foi o prédio mais alto do mundo durante quase 25 anos. O prédio foi construído entre 1970 e 1973 e ainda é o prédio mais alto das américas.

Willis Tower vista do Grant Park

Durante esta semana muitos prédios de Chicago faziam uma homenagem ao mês da consciência sobre o câncer de mama. Os prédios então se colorem de rosa e enviam mensagens. Na foto abaixo a torre Willis com luzes rosas visto da janela do meu quarto à noite.

Torre Willis com luzes rosas

Depois de andar para oeste voltei ao parque Grant pela Congress Parkway. De lá se tem uma vista muito legal do skyline de Chicago, inclusive um dos prédios mais bonitos para mim que é o Smurfit-Stone Building, também conhecido como Diamond Building. Este prédio tinha a mensagem "Think Pink" escrita com luzes nas janelas em seu teto inclinado.

O Diamond Building está logo à minha direita

Depois caminhei um pouco mais em direção ao Lago Michigan que é considerada a terceira "costa" dos EUA depois das do Atlântico e do Pacífico e é a praia de Chicago, com areias branca e macia. Incrivelmente este lago tem ligação com o Golfo do México através de uma série de canais.

Jardim no Grant Park com a Buckingham Fountain ao fundo

No caminho para o lago passei pela Buckingham Fountain que não tem nada a ver com o palácio londrino mas sim com a família que doou o dinheiro para construí-la. Curiosamente a fonte foi inspirada na fonte Latona no palácio de Versailles.

 Buckingham Fountain

Aí começou a escurecer e ficou na hora de voltar para o hotel. Embora não tenha tido tempo de ir pelo menos até o Millennium Park, achei legal porque tenho mais um motivo para voltar.

Skyline visto do Grant Park


3 comentários:

  1. Bela visão da cidade, filho! Acho que você viu muito em tão pouco tempo e conseguiu sintetizar isso aqui. Também gosto de saber que deixei de visitar algo para voltar!

    ResponderExcluir
  2. Bola,

    só queria dizer que o diamond building está a sua esquerda...

    abracos,
    Joao, direto de Düsseldorf (que espera a visita de voces!)

    ResponderExcluir
  3. Joao, o predio estah aa minha direita, pois estou olhando para voce. Esta aa esquerda de onde apareco na foto... ;-)

    Lembrei de tu que so, quando a gente jogava Flight Simulator 98 e o aeroporto padrao era Meiggs Field. O estadio Soldiers Field fica no parque onde ficava o aeroporto.

    Abraco e tambem estamos esperando sua visita!

    Bola

    ResponderExcluir