quinta-feira, 11 de março de 2010

O que os turistas da Copa do Mundo vão ver em Recife?

Enquanto Recife discute a construção de dois Shoppings Centers, a cidade de Sunny Isles, FL anuncia segundo aquário marinho da região metropolitana do sul da Florida, que compreende os condados de Miami-Dade, Broward e Palm Beach e tem aproximadamente 5 milhões de habitantes.

O novo
aquário será construído numa área da prefeitura que hoje é um centro comercial. A administração da cidade já anunciou que não renovará os contratos existentes à medida que eles vencerem. Veja detalhes do projeto aqui. Quem vai construir este aquário são os mesmos proprietários do Miami Seaquarium, uma área de mais de 150.000m2 com golfinhos, orcas, leões marinhos, tartarugas, etc (foto abaixo).

O aquário deve ficar pronto em 2013, ou seja, se Recife começar agora dá tempo de estar pronto para a Copa de 2014. Afinal de contas o que os turistas vão ver em Recife? Shopping Center?

Por que Pernambuco não investe num empreendimento assim? Afinal de contas trata-se de um equipamento que permaneceria para a cidade, incrementando o turismo e dando mais opções de lazer para a população. Além disto ele criaria um ambiente perfeito para o desenvolvimento dos cursos de oceanografia e engenharia de pesca. Poderiam ainda existir unidades do projeto TAMAR e/ou do peixe-boi marinho.

O parque poderia ser construído na Av. Olinda, vizinho à Escola de Aprendizes Marinheiros. De acordo com a tradicional megalomania recifense ali é o local onde o Rio Capibaribe se junta com o Rio Beberibe para formar o Oceano Atlântico. Quer lugar mais apropriado para contruir um Oceanário? O terreno tem 200 metros de fundo e 1000 metros de frente, ou seja, 200.000m2, espaço suficiente para se contruir uma ótima estrutura. Além disso, o terreno fica do lado do centro de convenções e praticamente dentro do porto. Caso o terreno seja da marinha poderá ser feito um convênio, uma cessão, licitação, quando querem conseguem.

Para quem acha que parques temáticos só podem dar certo no Rio e São Paulo, respondo assim: na lista dos 10 melhores parques temáticos dos EUA em 2009 apenas 3 são óbvios (Universal Studios, Walt Disney World e Disneyland da Califórnia). Os demais são parques da Lego, da rede Six Flags, Busch Gardens da Virginia (não o de Tampa, FL) e ficam no Texas, Illinois, Virginia, Pennsylvania e o melhor parque dos EUA fica no estado de Ohio (que conta com 2 parques nesta lista).

Um dos melhores complexos de parques aquáticos, aquários marinhos, hotéis e cassinos do mundo é o Atlantis que fica nas Bahamas. Não à toa um dos maiores destinos turísticos do Caribe. É impressionante a quantidade de propagandas e promoções que Bahamas anuncia aqui no Sul da Flórida. O mesmo grupo também tem um empreendimento semelhante em Dubai. Fico pensando: Se o turismo pode sustentar países, não poderia dar uma ajudinha ao nosso estado?

Tínhamos uma fábrica do Rum Bacardi que está abandonada e que agora vai virar mais um Shopping. Que façam o Shopping mas por que não aproveitar esta oportunidade para fazer um museu sobre a fábrica e o momento histórico em que ocorreu a instalação dela em Recife? O prédio do Museu da Bacardi em Miami que recebeu designação histórica em Outubro de 2009 possui murais de Francsico Brennand em mais uma clara conexão da Bacardi com Recife.

O museu da Bacardi em San Juan, Puerto Rico é um exemplo de como esta marca pode movimentar turistas. Em 2009 mais de um milhão de passageiros (1.179.045 para ser exato) passaram pelo porto de San Juan em 464 navios de cruzeiro. Praticamente todos são levados para o museu. A criação de um museu com uma marca global como a Bacardi coloca Recife no mapa.

As autoridades estaduais e municipais têm que parar com essa atitude de "ainda não fomos oficialmente notificados" quando o fato já é público e notório. Este tipo de comportamento mostra ou omissão e covardia ou desconhecimento do que está acontecendo no estado ou município que eles governam. O que eles têm que fazer é articular todos os envolvidos nestes projetos, inclusive a própria administração pública, para que estes sejam desenvolvidos maximizando os benefícios para a sociedade.

Como uma luz no fim do túnel, o governo do estado anunciou que vai construir um novo terminal de passageiros para o porto do Recife. Fiz um cruzeiro em 2005 saindo de Recife e posso falar com propriedade que aquilo era ridículo. Uma sala com o forro de gesso caindo aos pedaços, minúscula de onde você saía para pegar um ônibus e ir para o navio. Em 2009 41 mil passageiros em 78 cruzeiros utilizaram o Porto do Recife usando este mesmo terminal. Recife bem que podia ter uma meta bem modesta de atingir 20% da movimentação de passageiros do porto de San Juan, não podia?

Para terminar, perguntar não ofende: Já que colocaram o estádio lá em São Lourenço da Mata, existe algum projeto de revitalização do Zoológico para que os turistas aproveitem o caminho e façam uma visita?

3 comentários:

  1. Guilherme Cavalcanti11 de março de 2010 22:53

    Amigo Bola, o negócio é complexo mesmo, mas só pra jogar lenha na fogueira aqui vão alguns comentários. A legislação de ocupação do solo em Recife é cada vez mais restritiva, logo, num lugar onde nada pode, só faz alguma coisa quem tiver grana pra empurrar guela abaixo. Os poderes estabelecidos e a sociedade civil organizada não planejam o futuro e os espaços da cidade, logo, como não há um plano de vôo qualquer um que chegue com qualquer que seja o projeto se sente no direito de impor sua visão (o shopping da Tamarineira é exatamente isso). Por fim, a tua sugestão de um oceanário exatamente ali naquele local já faz parte de um projeto chamado "projeto recife-olinda", joga isso no google e vê lá. Esse negócio não aconteceu porque foi abandonado pelo governo atual e sabotado pela visão míope das prefeituras das duas cidades. É ruim e tá piorando.

    ResponderExcluir
  2. É bola, a megalomania do pernambucano não se concretiza em projetos... mas quem sabe agora com o renasciemento do estado tido com a China azul...

    Agora um dos principais fatores para o receio de se construir este tipo de empreendimento no estado é a falta de interesse da própria populção, a qual não as prestigia. Exemplos como o mirabilândia e o veneza estão aí, tudo bem que não são grandes coisas mas se fossem bem frequentados garanto que evoluiriam.

    ResponderExcluir
  3. eu achei todas as matérias maravilhosas, mas isso não é surpresa pois já sabia que tinha um neto gênio. Parecia até que estava lendo uma matéria de jornalista da Globo. Parabéns e sucesso no seu Blog. Até a próxima matéria. Beijos em todos.Doris

    ResponderExcluir